A PHP Error was encountered

Severity: 8192

Message: Function mcrypt_get_iv_size() is deprecated

Filename: libraries/Encrypt.php

Line Number: 320

A PHP Error was encountered

Severity: 8192

Message: Function mcrypt_create_iv() is deprecated

Filename: libraries/Encrypt.php

Line Number: 321

A PHP Error was encountered

Severity: 8192

Message: Function mcrypt_encrypt() is deprecated

Filename: libraries/Encrypt.php

Line Number: 322

Biota | Fapesp - Araçá | Módulo 6 - Dinâmica Sedimentar

Módulo 6 - Dinâmica Sedimentar


modulo06.jpg
Projetos
Artigos

CARACTERIZAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO SUPERFICIAL DOS SEDIMENTOS DE FUNDO DA BAÍA DO ARAÇÁ E SEU ENTORNO

Luigi Jovane1

1 Instituto Oceanográfico, Universidade de São Paulo (IO/USP)

E-mail: luigijovane@gmail.com

A distribuição de sedimentos em áreas costeiras está diretamente relacionada com o aporte de material do continente e a dinâmica das correntes marinhas. A Baía do Araçá é uma pequena reentrância localizada na porção central do Canal de São Sebastião, exposta a diferentes tipos de ação antrópica, inclusive de um pequeno rio no setor norte da baía, além da proximidade do Porto de São Sebastião. Para a análise dos sedimentos foram coletadas 34 amostras, na região entremarés e sublitoral até a isóbata de 20 m de profundidade, que tiveram seus dados interpolados e interpretados. Estas coletas foram realizadas em Outubro/2012 e Fevereiro e Junho/2013. De um modo geral, observa-se um sedimento onde o diâmetro do grão predominante varia entre areia fina a muito fina e apresenta grau de seleção entre moderado a muito pobremente selecionado. Em Outubro/2012 se observam sedimentos mais siltosos/arenosos concentrados nas áreas profundas e centrais da baía significando que neste período o aporte terrígeno é mais fino e concentrado na desembocadura do rio. Em Fevereiro/2013, os sedimentos são mais finos do que na etapa anterior e estão uniformemente distribuídos, com uma fração mais grossa concentrada na parte mais profunda e central da baía. Uma observação importante é que os materiais siltosos/arenosos estão na parte mais setentrional da baía significando que a circulação é tendencialmente em sentido horário entre Outubro e Fevereiro. Em Junho/2013 foram observados os sedimentos mais finos também na parte mais profunda da área, caracterizando uma distribuição muito bem espalhada. Estes dados significam que o aporte terrígeno na baía é composto fundamentalmente de material fino e concentrado no período de chuvas.

topo da página